Magnésio Glicina Quelato 200MG - Cápsulas

Novo

Melhora o desempenho físico e auxilia na prevenção de doenças ósseas como a osteoporose.

Mais detalhes

R$ 21,90

  • 60 cápsulas
  • 90 cápsulas
  • 30 cápsulas

Mais informações

O Magnésio Glicina Quelato melhora o desempenho físico e auxilia na prevenção de doenças ósseas como a osteoporose.

O Magnésio é essencial para centenas de reações químicas no corpo. Funciona como uma coenzima (participa em mais de 300 reações enzimáticas!) para a função adequada dos nervos e músculos, formação de ossos e metabilismo de energia. Estudos recentes sugerem que é particularmente importante para a função cardíaca adequada. O corpo armazena 60% de seu magnésio nos ossos, 26% nos tecidos do músculo e o magnésio restante é armazenado nos tecidos macios do corpo.
O magnésio ajuda a manter uma função muscular e nervosa normal, mantém o ritmo cardíaco estável, suporta um sistema imunológico saudável, e mantém os ossos fortes. O magnésio também ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue, promove uma pressão sanguínea normal, e é conhecido por estar envolvido no metabolismo da energia e na síntese da proteína. Existe um maior interesse na função do magnésio na prevenção e gerenciamento de transtornos como hipertensão, doença cardiovascular, e diabete. O magnésio alimentar é absorvido nos intestinos delgados. O magnésio é eliminado pelos rins.

Quem pode precisar de magnésio extra?
A complementação de magnésio pode ser indicada quando uma condição ou problema de saúde específico causa uma perda excessiva de magnésio ou limita a absorção de magnésio. Alguns medicamentos podem resultar na carência de magnésio, incluindo alguns diuréticos, antibióticos, e medicamentos usados para o tratamento de câncer (medicamento antineoplastico).
Pessoas com diabete controlada incorretamente podem beneficiar de complemento de magnésio devido à maior perda de magnésio na urina associada com hiperglicemia.
A complementação de magnésio pode ser indicada para pessoas que sofrem de alcoolismo. Baixos níveis de magnésio no sangue ocorrem em 30% a 60% dos alcoólatras, e em quase 90% de pacientes que param de beber. Qualquer pessoa que substitui o álcool por alimentos normalmente terá absorções de magnésio significativamente menores.
Pessoas com problemas de má absorção crônica como a doença de Crohn, enteropatia sensível ao glúten, enterite regional, e cirurgia intestinal podem perder magnésio por meio da diarréia e má absorção de gordura. Pessoas com estas condições podem precisar de complemento de magnésio.
Pessoas com níveis cronicamente baixos de potássio e cálcio no sangue podem ter um problema subjacente de carência de magnésio. Suplementos de magnésio podem ajudar a corrigir as carências de potássio e cálcio.
Os adultos mais velhos estão em maior risco de carência de magnésio. As pesquisas de 1999-2000 e 1998-94 do departamento de Saúde e Nutrição Nacional sugerem que os adultos mais velhos tenham consumos alimentares inferiores de magnésio do que os adultos mais jovens [6,23]. Além disso, a absorção do magnésio diminui e a excreção renal do magnésio aumenta em adultos mais velhos. As pessoas mais velhas também provavelmente tomam remédios que interagem com o magnésio. Esta combinação de fatores coloca os adultos mais velhos em risco de carência de magnésio. É muito importante que os adultos mais velhos consumam os volumes indicados de magnésio alimentar.

Sintomas de carência?
Os sinais iniciais de carência de magnésio incluem perda de apetite, náusea, vômito, cansaço e fraqueza. À medida que a carência de magnésio agrava, é possível ocorrer torpor, formigamento, contrações musculares e câimbras, ataques de epilepsia, alterações de personalidade, anormalidade no ritmo cardíaco, e espasmos coronários. Grave carência de magnésio pode resultar em baixos níveis de cálcio no sangue (hipocalcemia). A carência de magnésio também está associada com baixos níveis de potássio no sangue (hipocalemia). Muitos destes sintomas são gerais e podem ser o resultado de diversas condições médicas diferentes de carência de magnésio. É importante que um médico avalie reclamações e problemas de saúde de forma a que um tratamento apropriado possa ser administrado.

Recomendação de uso: 2(duas) cápsulas ao dia de uma a três vezes nas refeições.

Aplicações/Indicações: Ajuda a converter carboidratos, proteínas e gorduras em energia. Equilibra e regula o metabolismo do cálcio, potássio e sódio. Requerido para função muscular normal, Pode ajudar a função pulmonar saudável. Necessário para o crescimento dos dentes e ósseo saudável. Envolvido na transmissão dos impulsos nervosos e contrações musculares. Demonstra inibir a formação de pedras nos rins. Pode suportar níveis saudáveis de colesterol.

Advertências:

1. Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica não deve ser consumido sem orientação médica.
2. Consulte sempre um especislista e evite comprar um medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
3. Imagens meramente ilustrativas.
4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
10. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica.
11. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
13. Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico e por estudos que comprovam a ação dos mesmos. Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.
14. As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.
15. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

Clientes que compraram este produto também compraram...

28 outros produtos da mesma categoria:

Compre no Whatsapp
Manipule sua Receita